CASTROL E M-SPORT (FORD)

CAMPEONATO MUNDIAL DE RALIS

O relacionamento da Castrol com a Ford e a M-Sport no Campeonato Mundial de Ralis remonta a 2003 e temos imenso orgulho em sermos um parceiro oficial da equipa detentora da Tripla Coroa (condutor, copilotos e fabricantes). 

Criado em 1973, o WRC é geralmente considerado o campeonato de desporto motorizado mais competitivo do mundo. Por esse motivo, proporciona a oportunidade perfeita para os derradeiros testes de campo e para trabalhar em parceria, com o objetivo de desenvolver e demonstrar a força de Castrol EDGE SUPERCAR.

1 / 6
A maioria dos ralis segue o mesmo itinerário básico. Começa com dois dias de ""reconhecimento"", em que o condutor e o copiloto praticam o percurso, a uma velocidade limitada, para tirarem notas acerca do ritmo. Segue-se o ""shakedown"", um teste ao automóvel de rali à velocidade máxima. A competição será realizada durante três dias, de sexta-feira a domingo.

Como os ralis ocorrem durante vários dias, os concorrentes visitam um ""parque de serviço"" em locais predeterminados para permitir que os técnicos efetuem ajustes mecânicos nos automóveis. O tempo de serviço é estritamente limitado. Cada paragem dura 10, 30 ou 45 minutos. No final de cada dia de competição, os automóveis são estacionados num parque fechado seguro.

Fora do parque de serviço, só o condutor e o copiloto podem trabalhar no respetivo automóvel. Além disso, só podem utilizar as ferramentas e peças sobresselentes levadas a bordo.

A Castrol e a equipa Ford M-Sport representam uma parceria pioneira. Uma parceria criada e comprovada com o objetivo de vencer.