Apresentação dos novos produtos Castrol Vecton Euro VI

Os produtos Castrol Vecton Long Drain 10W-40 E6/E9 e Castrol Vecton Long Drain 10W-30 E6/E9 possuem as últimas e mais avançadas formulações low SAPS da gama Castrol Vecton, são aprovados pelos OEM para utilização em camiões que cumpram as normas Euro VI para permitir intervalos máximos entre mudanças de lubrificante.

Em que consiste a legislação Euro VI?

A legislação Euro VI define os rigorosos limites para emissões de gases de escape na Europa, e todos os camiões novos vendidos desde o final de 2013 estão obrigados a cumpri-los. Para conseguirem cumprir estes rigorosos limites, os OEMs de camiões desenvolveram os modelos de motores mais avançados de sempre.

Para garantir a continuidade do bom desempenho dos camiões Euro VI em estrada, deve utilizar-se o lubrificante para motor adequado:
  • Baixo teor de SAPS
  • Especialmente formulado para proteger a mecânica de precisão moderna, dos motores, e para enfrentar ambientes adversos
  • Aprovado pelos OEM para aplicação em camiões Euro VI de modo a garantir o maior intervalo entre mudanças de lubrificante.

Em que consiste a tecnologia Euro VI?

Todos os OEMs terão de utilizar dispositivos pós-tratamento específicos para óxidos nitrosos, monóxido de carbono e partículas produzidas pelos motores. Os dispositivos são sensíveis aos componentes do lubrificante e podem deixar de funcionar caso seja utilizado o lubrificante errado. Para garantir que funcionam correctamente durante a vida útil do veículo, é extremamente importante utilizar um lubrificante que tenha baixo teor de cinzas sulfatadas, fósforo e enxofre (SAPS).

            Emissões Euro

Os limites de emissões Euro ficaram mais exigentes do Euro II para Euro VI

Que problemas podem os novos produtos Castrol Vecton Euro VI ajudar a prevenir?

Dois dos dispositivos mais comuns nestes veículos são a válvula EGR (recirculação dos gases de escape) e o filtro DPF (filtro de partículas diesel).
A válvula EGR diminui a temperatura de combustão para reduzir as emissões de NOx. Isto pode também aumentar os níveis de fuligem e de outros contaminantes. Castrol Vecton com System 5 Technology™ foi especificamente formulado para combater estes contaminantes prejudiciais, ajudando a maximizar o desempenho do motor e a evitar potenciais danos.

Sistema EGR

O DPF retém as partículas de fuligem provenientes dos gases de escape, mas pode também ficar obstruído com cinzas do próprio lubrificante. O Castrol Vecton com System 5 Technology™ foi especialmente formulado como lubrificante low SAPS para prevenir a obstrução do DPF cumprindo, simultaneamente, os requisitos Euro VI dos principais OEM.

Filtro de Partículas Diesel

Mais vantagens dos novos produtos

Castrol Vecton Long Drain 10W-30 E6/E9 e Castrol Vecton Long Drain 10W-40 E6/E9 foram formulados com System 5 Technology™, que proporciona um desempenho até 40% superior*. Foram especificamente desenvolvidos para permitir alargar os intervalos, entre mudanças de lubrificante até 100 000 km** nos mais recentes motores diesel Euro VI. Podem também ser utilizados em camiões e autocarros europeus que cumpram as normas Euro IV e Euro V, especialmente os que exijam um lubrificante low SAPS, e em veículos mais antigos, bem como noutros equipamentos que exijam este nível de desempenho.

Com os novos produtos Castrol Euro VI, as frotas e as oficinas de pesados só necessitam de ter em stock um produto 10W-40 ou 10W-30, simplificando assim a sua gama de produtos e o processo de mudança de lubrificante durante os intervalos de manutenção.

* Nos testes realizados por em laboratórios independentes, o Castrol Vecton Long Drain teve um desempenho até 40% melhor do que limites da indústria definidos pelo API e pela ACEA no que se refere ao aumento da viscosidade do lubrificante, depósitos nos pistões, tratamento de fuligem, desgaste e corrosão. Consulte www.castrol.com/vecton
** O Castrol Vecton Long Drain foi aprovado por alguns dos principais OEM, para intervalos entre mudanças até 100 000 km, em conformidade com as respetivas especificações. Os intervalos de mudança do lubrificante reais dependem do tipo de motor, condições de funcionamento, histórico de revisões, utilização de diagnóstico on-board e qualidade do combustível. Consulte sempre o manual do fabricante.