O ÍNDICE STOP-START

A PESQUISA SOBRE PERÍODOS DE INATIVIDADE DEMONSTROU QUE OS CONDUTORES^ EM CIDADE POR TODO O MUNDO PASSAM, EM MÉDICA, ATÉ UM TERÇO DA SUA VIAGEM EM INATIVIDADE^^.

O ÍNDICE STOP-START

Escolha o verde, amarelo e vermelho para descobrir quantas paragens e arranques os condutores fazem no mundo inteiro.

VERDE

Nível moderado de condução de pára-arranca, sendo que os condutores experienciam menos de 8.000 situações de pára-arranca por ano. 
Recomendamos que os condutores tomem as devidas precauções contra o desgaste do motor em condução de pára-arranca.

CIUDADES E REGIÕES

SITUAÇÕES DE PÁRA-ARRANCA POR AUTOMÓVEL, POR ANO

PERÍODO DE INATIVIDADE** (% DE TEMPO DE VIAGEM)

AUSTRÁLIA

Brisbane
6.960
18.21

BÉLGICA

Antuérpia
7.080
ND

REPÚBLICA CHECA

Brno
7.320
ND

DINAMARCA

Copenhaga
7.440
ND

FINLÂNDIA

Helsínquia
Tampere
7.920
6.240
ND
ND

PORTUGAL

Porto
7.200
ND

ESLOVÁQUIA

Bratislava
Kosice
6.840
7.440
ND
ND

EMIRATOS ÁRABES UNIDOS

Abu Dabi
6.840
ND

HOLANDA

Roterdão
6.360
ND

AMARELO

Nível elevado de condução de pára-arranca, sendo que os condutores experienciam 8.000 ou mais situações de pára-arranca por ano. 
Os condutores devem tomar as medidas necessárias para proteger o motor contra o desgaste de condução de pára-arranca.

CIDADES E REGIÕES

SITUAÇÕES DE PÁRA-ARRANCA POR AUTOMÓVEL, POR ANO

PERÍODO DE INATIVIDADE** (% DE TEMPO DE VIAGEM)

AUSTRÁLIA

Melbourne
Sydney
8.880
13.440
23,1
26,27

DINAMARCA

Aarhus
10.920
ND

ÁUSTRIA

VIEN
Graz
15.840
10.320
ND
ND

BÉLGICA

Bruxelas
11.520
ND

BRASIL

Río de Janeiro
Porto Alegre
16.920
16.920
25,52
26,2

CANADÁ

Toronto
Vancouver
8.760
12.840
ND
ND

REPÚBLICA CHECA

Praga
10.800
ND

FRANÇA

Lyon
París
11.280
18.000
ND
ND

ALEMANHA

Hamburgo
Berlín
11.160
16.560
ND
ND

HUNGRIA

Budapest
Debrecen
13.920
12.960
ND
ND

MALÁSIA

Kuala Lumpur
12.000
ND

MÉXICO

Monterrey
13.800
22,22

NOVA ZELÂNDIA

Auckland
Wellington
9.480
9.720
ND
ND

NORUEGA

Oslo
Bergen
11.280
11.040
ND
ND

POLÓNIA

Cracóvia
Varsovia
14.160
16.680
ND
ND

PORTUGAL

Lisaboa
10.560
ND

SINGAPURA

Singapura
15.000
ND

ÁFRICA DO SUL

Ciudad del Cabo
Johannesburgo
9.000
9.960
ND
ND

SUÉCIA

Estocolmo
Gotemburgo
14.160
8.040
ND
ND

SUÍÇA

Genebra
Zurique
14.760
15.690
ND
ND

EMIRATOS ÁRABES UNIDOS

Dubai
10.800
ND

ESTADOS UNIDOS

Los Angeles
Nova Iorque
9.360
16.320
19,41
28,62

VERMELHO

Nível grave de condução de pára-arranca, sendo que os condutores experienciam 18.000 ou mais situações de pára-arranca por ano. 
Os condutores devem tomar as medidas necessárias para proteger o motor contra o desgaste de condução de pára-arranca.

CIDADES E REGIÕES

SITUAÇÕES DE PÁRA-ARRANCA POR AUTOMÓVEL, POR ANO

PERÍODO DE INATIVIDADE** (% DE TEMPO DE VIAGEM)

ARGENTINA

Buenos Aires
23,760
ND

BRASIL

Belo Horizonte
Curitiba
Salvador
São Paulo
19.200
19.800
20.400
22.920
27,18
28,63
22,91
31,35

CHINA

Pequim
Xangai
21.600
23.040
27,44
33,09

GRÉCIA

Thessaloniki
Atenas
18.240
19.920
ND
ND

HONG KONG

Hong Kong
20.880
ND

INDONÉSIA

Surabaya
Jacarta
29.880
33.240
23,12
27,22

ITÁLIA

Milão
Roma
23.640
28.680
ND
ND

MALÁSIA

Johor Bahru
21.240
ND

MÉXICO

Guadalajara
Ciudad de México
21.240
30.840
33,24
32,55

HOLANDA

Amesterdão
23.040
ND

RÚSSIA

Moscovo
São Petersburgo
28.680
29.040
31,57
35,84

ESPANHA

Barcelona
Madrid
Córdoba
20.520
22.560
18.480
ND
ND
ND

TAIWAN

Taipei
Kaohsiunga
20.520
20.880
ND
ND

TAILÂNDIA

Phuket
Banguecoque
20.400
27.480
31,96
36,07

TURQUIA

Ankara
Istambul
18.240
32.520
24,69
28,88

REINO UNIDO

Londres
Manchester
21.480
23.160
28,58
31,54

O QUE MUDOU NA CONDUÇÃO DOS DIAS DE HOJE?

Cada vez mais pessoas vivem em cidades e o aumento da condução movimentada tornou-se um aspeto da vida quotidiana. Em cada viagem que fazemos, deparamo-nos com situações na estrada que nos fazem parar, esperar e arrancar novamente. A nossa pesquisa demonstra que até mesmo um condutor normal tem cerca de 18.000 situações de pára-arranca por ano. A condução de pára-arranca significa mais acelerações e desacelerações, mas também períodos prolongados de inatividade, quando algumas peças importantes do motor são forçadas ao máximo. É por esse motivo que a condução de pára-arranca cria um desgaste microscópico nas peças mais importantes do motor.

O QUE É O ÍNDICE CASTROL MAGNATEC STOP-START?

O Índice Castrol MAGNATEC STOP-START 2014 analisou as condições de trânsito em 78 cidades e regiões importantes em todo o mundo, incluindo China, Ásia, Austrália, Europa, América do Norte e América do Sul. O índice ajuda-nos a compreender melhor os padrões de condução na cidade e apresenta as implicações da condução de pára-arranca no seu motor.

COMO É CALCULADO O ÍNDICE CASTROL MAGNATEC STOP-START?

O Índice Castrol MAGNATEC STOP-START utiliza dados partilhados de forma anónima com base opcional dos utilizadores de sistemas de navegação TomTom por todo o mundo. Com milhões de dispositivos de navegação GPS da TomTom já em utilização, e tendo um crescimento diário, as informações sobre trânsito recolhidas desta forma fornecem uma perceção sobre a situação de trânsito na rede de estradas ao longo do dia.

Ao utilizar um algoritmo especialmente desenvolvido para este efeito, temos a capacidade de calcular o número de paragens e de arranques durante uma viagem. Ao aplicar este cálculo a milhares de utilizadores e viagens, podemos medir com precisão a média de paragens e arranques por quilómetro dentro dos limites urbanos definidos. Ao multiplicar este número pela distância média percorrida durante um ano, obtemos o Índice Castrol MAGNATEC STOP-START final.

Sobre a TOMTOM

A TomTom (TOM2) é o único parceiro com o qual a Castrol tem trabalhado para desenvolver o Índice Castrol MAGNATEC STOP-START.

A TomTom cria e desenvolve produtos inovadores que facilitam a vida das pessoas, sendo mais famosa por ser a líder global em produtos de navegação e de mapeamento. Criada em 1991, com sede em Amesterdão, a TomTom tem 4.000 funcionários em todo o mundo e vende os seus produtos em mais de 37 países.

PRODUTOS

Para manter o seu motor protegido em condições de trânsito movimentado, selecione o lubrificante correto a partir da gama Castrol MAGNATEC STOP-START.
*vs. limite da Indústria no teste de motores OM646LA.
**Vinte e oito por cento de inatividade significa que 28% do tempo de viagem de um condutor médio é passado em modo de inatividade.
Cidade: A forma circular focava as zonas urbanas do centro da cidade, evitando os sistemas de auto-estrada fora da cidade, sempre que possível.
^^A pesquisa sobre o tempo de inatividade foi realizada em 26 entre 78 cidades segundo o Índice Castrol MAGNATEC STOP-START de 2014.