IT'S MORE THAN JUST OIL. IT'S LIQUID ENGINEERING.

  1. PÁGINA INICIAL
  2. A HISTÓRIA DA CASTROL
  3. SALA DE IMPRENSA
  4. COMUNICADOS DE IMPRENSA
  5. CASTROL REVELA NOVA TECNOLOGIA DE FLUIDO DE CONTROLO PARA MELHORAR A PROTEÇÃO PARA SISTEMAS SUBAQUÁTICOS

Castrol revela nova tecnologia de fluido de controlo para melhorar a proteção para sistemas subaquáticos

Castrol Transaqua SP foi concebido para fornecer soluções offshore para o setor do petróleo e gás para utilização nos sistemas de controlo de produção subaquática em projetos de raiz e renovados

Londres, 21 de agosto de 2018.

A Castrol, um dos maiores fabricantes de lubrificantes a nível mundial, lançou o seu fluido de controlo subaquático de próxima geração. Castrol Transaqua SP (Proteção de sistemas) inclui uma fórmula pioneira concebida para simplificar as operações subaquáticas e fornecer uma melhor proteção de sistemas em comparação com os produtos atualmente existentes no mercado. As melhorias na proteção de sistemas devem conduzir a um aumento da fiabilidade dos componentes.  

Os fluidos de controlo são uma das partes móveis mais complexas num sistema subaquático, pelo que a fiabilidade é fundamental. O fluido de controlo tem de transferir energia, lubrificar, lidar com contaminações e proteger os módulos de controlo, árvores de Natal e cabeças de poço de se degradarem num vasto leque de temperaturas e pressões no fundo dos oceanos.

Simon Youngman, responsável de marketing da Castrol, afirmou: “A indústria subaquática está a enfrentar grandes desafios em termos da forma como atua, com vários fatores económicos a impulsionar a mudança. Para garantir a rentabilidade no meio destas condições é importante que os operadores possam confiar em cada componente de um sistema subaquático. É por isso que o Castrol Transaqua SP é tão importante e oportuno.”

Os campos estão a produzir durante mais tempo do que nunca, o que significa que os sistemas de produção têm de funcionar durante mais tempo do que o pretendido. Como resultado, os operadores estão frequentemente a utilizar uma mistura de diferentes gerações de equipamento subaquático e os fluidos de controlo têm de se adaptar a um leque mais variado de equipamento em condições cada vez mais desfavoráveis.
Youngman acrescentou: “Com esta informação em mente, a Castrol ouviu atentamente os operadores subaquáticos sobre as implicações das tendências atuais e futuras no setor. Como resultado, desenvolvemos o Castrol Transaqua SP em estreita colaboração com os fabricantes de equipamento subaquático para ser a melhor solução no mercado que pode funcionar em todos os componentes de um sistema. Tal significa que os operadores podem confiar na integridade e desempenho dos seus sistemas e desfrutar de uma melhor proteção de sistemas como resultado.”

Castrol Transaqua SP foi concebido para ser compatível com um vasto leque de elastómeros, plásticos, metais e fluidos de completação. Esta compatibilidade com os fluidos de completação é especialmente importante durante atividades de instalação de poços, quando a mistura dos fluidos pode ocorrer e originar potenciais bloqueios de linha.
Além disso, outro desafio importante que os operadores enfrentam é o potencial da água do mar ficar presa no sistema dando origem a uma redução da resistência à corrosão ou à formação de depósitos. A Castrol concebeu Transaqua SP para ter uma estabilidade líder na sua classe relativamente à água do mar, com até 50% em condições do leito marinho de 5 ºC com aditivos críticos ainda existentes na solução. Além disso, Transaqua é estável a nível térmico, testado em condições até 160 ºC e permite uma utilização segura a temperaturas entre -50 ºC e 150 ºC.

A Castrol reuniu uma equipa de especialistas mundiais em fluidos de controlo para desenvolver Castrol Transaqua SP, o qual junta 30 anos de experiência no setor subaquático e investigação inovadora sobre lubrificação e corrosão por parte de importantes universidades.

O fluido foi rigorosamente testado pela equipa de desenvolvimento e investigação Castrol líder do setor e realizou mais de 130 000 horas de triagem. Além disso, Transaqua SP foi concebido para cumprir a mais rigorosa legislação ambiental.  Cumpre totalmente a convenção OSPAR e está categorizado no Reino Unido como o produto com menos potencial de provocar danos no ambiente marinho, com uma classificação OCNS de grupo E e sem aviso de substituição*, para além da classificação “Amarelo” na Noruega. Transaqua SP respeita as normas do setor API 17F (3.ª edição)/ISO13628-6 Anexo C, API 17E/ISO13628-5 e também se qualificou junto dos maiores fabricantes de equipamento do setor (TRL 5).

Transaqua SP está atualmente a ser disponibilizado na rede de abastecimento global da Castrol.

* quando pré-avaliado pelo CEFAS. Sujeito a aprovação final do CEFAS.