IT'S MORE THAN JUST OIL. IT'S LIQUID ENGINEERING.

  1. PÁGINA INICIAL
  2. A HISTÓRIA DA CASTROL
  3. SALA DE IMPRENSA
  4. DESTAQUES
  5. A CASTROL A BORDO DA HISTÓRICA MISSÃO INSIGHT DA NASA A MARTE

A CASTROL A BORDO DA HISTÓRICA MISSÃO INSIGHT DA NASA A MARTE

Castrol Braycote irá desempenhar um papel fundamental na missão interplanetária da NASA a Marte, fornecendo soluções de lubrificação a uma série de instrumentos científicos na sua sonda Insight.

Londres, 3 de maio de 2018

A 5 de maio de 2018, se as condições o permitirem, a NASA irá lançar a sua sonda Insight a partir da Base da Força Aérea de Vandenberg, na Califórnia, para estudar o centro de Marte. A janela de lançamento programada para 5 de maio terá início às 04:05 (hora de verão do Pacífico) e, se tudo correr de acordo com o planeado, a sonda irá demorar cerca de seis meses a chegar a Marte,  entrando na atmosfera do planeta a 22 692 km/h (14 100 mph).

A Insight, cuja sigla significa Exploração Interior através de Investigações Sísmicas, Geodesia e Transporte de Calor, irá efetuar a primeira análise minuciosa ao planeta vermelho até à data com o intuito de estudar a crosta, o manto e o núcleo de Marte. A sonda irá posicionar-se numa planície suave denominada “Elysium Planitia” para efetuar dois anos de investigações geofísicas dos processos que moldaram os planetas rochosos do sistema solar interior (incluindo a Terra).

Um conjunto de instrumentos científicos sensíveis a bordo da Insight irão explorar o que se passa debaixo da superfície de Marte medindo os "sinais vitais" do planeta, incluindo: a sua "pulsação" (sismologia), "temperatura" (fluxo térmico) e "reflexos" (rastreio de precisão).
A NASA confirmou que Castrol Braycote irá ser utilizado para lubrificar uma série de instrumentos da Insight, incluindo o sismógrafo e uma “toupeira”.

 

“A oportunidade para a nossa tecnologia ajudar a sonda Mars Insight a tornar-se uma realidade é incrivelmente entusiasmante”, afirmou  Keith Campbell, gestor de desenvolvimento empresarial da Castrol. “A Castrol está extremamente orgulhosa com o facto de o Braycote estar prestes a fazer parte deste momento histórico. Pronta a descolar!”  

A primeira formulação de Castrol Braycote foi desenvolvida para a NASA logo no início do programa espacial nos anos 60. O lubrificante já está a ser utilizado pela NASA para manter o Rover em Marte a funcionar e a Estação Espacial Internacional na sua órbita de 27 400 km/h (17 000 mph) à volta do nosso planeta.  

Para além de funcionar em temperaturas extremas, o lubrificante Braycote foi formulado para reduzir aquilo que é conhecido como “libertação de gás”, que se trata da evaporação da massa lubrificante, o que significa que os instrumentos conseguem funcionar a um nível ideal quer em altas temperaturas quer em condições de vácuo elevado.

A Castrol também está a trabalhar com a Agência Espacial Europeia e empresas espaciais privadas nos EUA para fornecer o seu lubrificante Braycote. De volta à Terra, este produto também pode ser utilizado no fabrico associado a aspiradores ou com químicos hostis e ambientes extremos. Trata-se de uma vantagem para a indústria dos semicondutores e microchips, eletrónica, fabricantes de ecrãs planos e discos rígidos.