PORQUÊ RESISTÊNCIA?

PORQUE NECESSITA UM LUBRIFICANTE DE SER RESISTENTE?

O JavaScript precisa estar habilitado para visualizar este vídeo.

Carregando vídeo

Espere um momento

A tecnologia dos nossos dias permitiu que os fabricantes de automóveis produzissem motores cada vez mais pequenos e, no entanto, mais potentes e eficientes. O objectivo é oferecer maior economia de combustível, redução de emissões e elevado desempenho. A redução da dimensão dos motores, a sua avançada concepção e a utilização do turbo quase que duplicaram o nível de pressão de operação no motor, colocando o lubrificante sob uma pressão cada vez maior. O lubrificante opera agora sob pressões e temperaturas mais elevadas e, em algumas partes do motor, suporta pressões superiores a 10.000 kg por centímetro quadrado.
Sob tais pressões, o único elemento que está entre as superfícies metálicas é uma fina película de lubrificante. É por isso, que um lubrificante precisa de ser e de permancer forte. Essa resistência é importante em cada percurso, cada partida, cada rotação de válvula, cada vez que colocar o pé no acelerador. Necessita sempre de ter o melhor lubrificante de motor.

A PRESSÃO NO MOTOR QUASE QUE DUPLICOU